domingo,

21/07/2024

Joinville/SC

Secretário de Saúde e médico que atendeu menina que morreu por dengue são exonerados em Barra Velha

O Secretário de Saúde da cidade de Barra Velha anunciou a exoneração do Secretário de Saúde e médico responsável pelo atendimento da menina que faleceu de dengue.

A medida foi tomada em resposta à investigação em curso pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Em uma nota divulgada pela Prefeitura do município, o prefeito interino Daniel Pontes da Cunha reiterou o compromisso em colaborar plenamente com as autoridades durante a apuração do caso.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, o prefeito enfatizou:

“Estamos tomando todas as medidas administrativas cabíveis. Solicitei ao secretário que informasse a empresa, pedindo afastamento do médico que atendeu. Fosse aberta uma sindicância para apurar todos os fatos desse ocorrido, dessa fatalidade. Se houve alguma negligência médica, com certeza vai ser apurada.”

No âmbito da investigação, o MPSC solicitou à Secretaria Municipal de Saúde cópias de toda documentação relacionada aos atendimentos prestados à criança, bem como o nome e cargo dos profissionais envolvidos nos cuidados médicos.

A família da menina expressou alegações de negligência por parte do médico que a atendeu no Pronto Atendimento do município.

Em resposta, a Prefeitura de Barra Velha anunciou o afastamento do profissional responsável pelo atendimento da criança e informou que abrirá uma sindicância para investigar o ocorrido.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo