sábado,

13/07/2024

Joinville/SC

Programa de incentivo à leitura terá diversas ações em Escolas e CEIs municipais durante o mês de abril

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Joinville tem um novo programa para incentivar a leitura entre os alunos de Escolas e Centros de Educação Infantil (CEI) municipais de Joinville.

Lançado em março, o Conexão Leitura começou a mapear todos os projetos de leitura existentes na Rede Municipal de Ensino, além de incentivar as demais unidades a desenvolverem iniciativas semelhantes com os estudantes.

Uma das primeiras ações do programa é o projeto ‘Abril Literário’, que envolve todas as unidades da Rede Municipal de Ensino.

Inspiradas pela data de aniversário do ‘pai’ da literatura infantil brasileira, Monteiro Lobato, as escolas e CEIs estão desenvolvendo atividades de leitura ao longo de todo o mês.

As unidades atualmente trabalham no planejamento e na organização das atividades para que, a partir da próxima semana, iniciem as ações.

Estão previstas contações de histórias envolvendo os alunos e os mediadores de leitura, produções textuais e trabalhos com interpretação de textos e histórias de diferentes autores, produção e exposição de cartazes, painéis e maquetes.

O mês será encerrado com dois dias especiais nas Escolas e CEIs. Em um deles haverá rodas de conversas com escritores e contadores de histórias.

O outro dia será marcado por um momento de parada de toda a unidade, incluindo alunos e profissionais, para alguns minutos de leitura com o intuito de incentivar o hábito na rotina diária.

Para a diretora executiva de políticas educacionais da Secretaria de Educação, Giani Magali da Silva de Oliveira, a escola tem o papel de buscar que o aluno se encante pela leitura com projetos e programas como o Conexão Leitura.

“A unidade escolar tem a função de trazer a leitura como uma prática social, para que o aluno leia para aprender e não apenas por ler.

Temos a preocupação de encantar os estudantes para que viajem nos livros e busquem o conhecimento nos textos e nas palavras”, explica.

Incentivo à leitura durante todo o ano

Um dos trabalhos mapeados pelo programa Conexão Leitura foi o desenvolvido na Escola Municipal Professora Karin Barkemeyer Extensão, no bairro Vila Nova.

A unidade tem uma série de atividades que buscam incentivar a leitura entre os cerca de 430 alunos atendidos atualmente do 1º ao 5º ano do ensino fundamental.

Em uma parceria da mediadora de leitura Anna Giórgia de Lima Cardoso Toquetto com os demais professores da escola, os alunos são envolvidos na leitura ao longo de todo o ano e os resultados já têm sido percebidos no dia a dia.

“A gente vê um entusiasmo maior dos alunos, as notas vêm melhorando e também tem o envolvimento da família, com eles compartilhando e até pedindo para comprar livros”, conta Anna.

Um dos exemplos dos projetos é uma gincana de livros, em que cada turma escolhe pelo menos um autor para conhecer durante o ano.

São feitas atividades que valem pontos para encerrar com a premiação no fim do ano letivo. Há também a ‘Sacola literária’, em que todos os estudantes levam semanalmente livros para casa para lerem com as famílias.

Projetos transformam a vida das crianças

A aluna Larissa Fontoura dos Santos, de 10 anos, conta que leu cerca de 50 livros no ano passado apenas com obras emprestadas pela escola.

Para ela, a leitura é muito importante e precisa fazer parte da vida das pessoas.

“Ela mudou uma parte da minha vida inteira porque me traz muita sabedoria”, conta. “Os projetos da escola são uma ótima ideia porque a gente consegue saber como é legal ler”, complementa.

Além de ler com frequência, Larissa ainda participa de outro projeto desenvolvido na Escola Municipal Karin Barkemeyer Extensão, que envolve os alunos do contraturno participantes do ateliê de artes.

Eles estudam sobre uma ou mais obras literárias, que posteriormente são adaptadas para uma peça de teatro para ser apresentada para a comunidade escolar.

Todo o cenário, figurinos e elementos que compõem o espetáculo são produzidos pelos alunos e professores, com a ajuda dos familiares.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo