sexta-feira,

12/07/2024

Joinville/SC

MPSC oferece a primeira denúncia contra envolvidos na 5ª fase da Operação Mensageiro

Nesta segunda-feira (13/5), uma denúncia foi protocolada, envolvendo crimes contra a administração pública em uma cidade do Vale do Itapocu.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, GAECO e GEAC, apresentou a primeira denúncia contra integrantes do núcleo privado e agentes públicos por corrupção ativa, corrupção passiva, quatro fraudes licitatórias e participação em organização criminosa, ocorridos no município do Vale do Itapocu, alvo da 5ª fase da Operação Mensageiro.

A denúncia inclui nove pessoas, duas das quais já estavam sob prisão preventiva desde o início desta fase da Operação, em 29 de abril de 2024, e permanecerão detidas.

Paralelamente, em relação aos acontecimentos no outro município da Região da Foz do Rio Itajaí, o MPSC concluiu ser necessário prosseguir com as investigações para esclarecer as circunstâncias dos crimes de fraudes licitatórias e corrupção em apuração.

Portanto, foi acatado o pedido do MPSC para a soltura de dois dos investigados que estavam detidos, e para a imposição de medidas cautelares diversas da prisão a cinco investigados desse município.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo