domingo,

21/07/2024

Joinville/SC

Identificada mulher morta a marretada em Araquari

Antonella De Rosa, uma mulher italiana de 43 anos, foi identificada como a vítima de um brutal homicídio a marretadas, culminando em seu sepultamento no quintal de sua própria residência em Araquari.

O crime de feminicídio chocou a cidade no Norte catarinense, ocorrendo na última quarta-feira (6).

O suspeito, companheiro de Antonella e de nacionalidade brasileira, foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e indiciado por feminicídio qualificado. A identidade do homem não foi revelada pela Polícia Civil.

O relacionamento do casal, que perdurava há uma década, teve um desfecho trágico quando o suspeito confessou à polícia o terrível crime e indicou o local onde havia enterrado o corpo.

Segundo a delegada Georgia Bastos, responsável pelo caso, o suspeito alegou legítima defesa, afirmando que Antonella teria tentado agredi-lo com uma barra de ferro ao chegar em casa naquela fatídica noite.

Surpreendentemente, não havia registros anteriores de desaparecimento da vítima, embora vizinhos tenham notado sua ausência no bairro. Antonella vivia há aproximadamente 10 anos no Brasil.

 

 

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo