sexta-feira,

19/07/2024

Joinville/SC

Grupos da Prefeitura farão mais de 60 apresentações no Festival de Dança

 

Grupos de dança de programas da Prefeitura de Joinville farão mais de 60 apresentações durante o Festival de Dança, que começa na próxima segunda-feira (15/7).

As coreografias serão apresentadas em Palcos Abertos e também nas Mostras.

Os grupos fazem parte de atividades desenvolvidas pelas secretarias de Educação, Cultura e Turismo e Esportes.

Nesta, que é a 41ª edição do Festival de Dança, 16 escolas da Rede Municipal de Ensino farão apresentações.

Elas fazem parte do Programa Dança na Escola, que foi ampliado por meio de uma parceria com o Instituto Festival de Dança.

Atualmente, são cerca de 1,7 mil alunos atendidos.

A maior parte das coreografias será exibida em Palcos Abertos da Feira da Sapatilha, Praça Nereu Ramos e dos shoppings.

Quem representa a Rede Municipal na Mostra Competitiva é a Escola Governador Pedro Ivo Campos, com a coreografia Simbora Guerreiro, da coreógrafa Elisiane Wiggers, em busca do 11° título do Festival.

A apresentação será no palco principal do Centreventos Cau Hansen, na terça-feira (16/7), no gênero Danças Populares Brasileiras Conjunto Júnior.

Ao mesmo tempo em que a Escola Municipal Pedro Ivo Campos se destaca pela quantidade de vezes em que conquistou o primeiro lugar na categoria, para outras dez unidades, 2024 será um ano de estreia no Festival de Dança de Joinville.

As Escolas Municipais Valentim João da Rocha, Lacy Flores, Virgínia Soares, João Costa, Hans Dieter Schmidt, Joaquim Félix, Lauro Carneiro Loyola, Max Colin, Thereza Mazzolli e Orestes Guimarães vão subir ao palco pela primeira vez.

Quem também se apresenta em palco aberto são as Escolas Plácido Xavier Vieira, Dr. Sadalla Amin Ghanem, Ruben Roberto Schmidlin, Saul Sant’ana de Oliveira Dias e Amador Aguiar.

“Este é um momento muito especial para os estudantes que participam do Festival de Dança de Joinville. Com apresentações em palcos abertos ou palco competitivo, os alunos se unem, estimulando o trabalho em equipe e desenvolvendo habilidades de socialização. É emocionante poder colocar em prática e expor para o público todo o trabalho que está sendo executado na escola. A dança, além de promover belas apresentações, auxilia no desenvolvimento dos estudantes, contribuindo com a memorização, concentração e desenvolvimento motor”, destaca Juliana da Silva Alano, coordenadora de contraturno e tempo integral da Secretaria de Educação

Casa da Cultura de Joinville também se apresenta no Festival

A Escola Municipal de Ballet, da Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior, participará da 41ª edição do Festival de Dança com 10 coreografias, nos gêneros dança popular internacional, jazz, neoclássico, ballet de repertório e contemporâneo.

A coreografia Kalinka do grupo infantil da escola foi classificada para o Festival Meia Ponta no gênero dança popular internacional.

Serão duas apresentações na quarta-feira (24/7) no Teatro Juarez Machado, às 14h e às 17h.

Os coreógrafos são Paula Cordovil Lepinski e Ronald Soares.

Os alunos da Escola Municipal de Ballet também irão participar da Dance Parade, na avenida Beira-rio, às 15h de sábado (20/7).

As outras apresentações serão nos Palcos Abertos da Feira da Sapatilha, nos shoppings Garten, Cidade das Flores e Mueller, no CEU Aventureiro, na Vigorelli e no Jardim da Dança do Saltare e ocorrem de 16 a 22 de julho.

Sesporte leva Movimenta Joinville para o Festival

Uma novidade no Festival de Dança deste ano é a participação do Programa Movimenta Joinville, da Secretaria de Esportes.

O grupo, formado por 20 integrantes, se apresenta com a coreografia “Esse coco não pode parar”, em Danças Populares Conjunto 60+.

Serão duas exibições, uma no palco da Feira da Sapatilha no dia 15 e outra no palco do Teatro Juarez Machado, dia 18.

A coreografia vem sendo preparada há um ano e já foi apresentada na abertura dos Jogos de Integração da Terceira Idade e Jogos Abertos da Terceira Idade. Porém, desde que saiu o resultado da classificação para o Festival de Dança de Joinville, os ensaios foram intensificados.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo