sexta-feira,

12/07/2024

Joinville/SC

Vacinação contra a dengue em Blumenau inicia neste sábado

Blumenau recebeu nesta quinta-feira, dias 2, 2.536 doses da vacina contra a dengue (Qdenga). Neste primeiro momento, a aplicação do imunizante no público-alvo, que são as crianças e os adolescentes de 10 a 14 anos, inicia no próximo sábado, dia 4.

Para receber a vacina, basta procurar por um dos Ambulatórios Gerais da Família que estarão abertos – (AGFs Garcia, Velha e Itoupava).

No decorrer da próxima semana, os outros AGFs e as Estratégias Saúde da Família (ESFs) com sala de vacina ativa também serão abastecidas com doses do imunizante.

Nos próximos dias, mais 2.521 doses chegarão ao município.

A vacina contra a dengue é aplicada em um esquema de duas doses com um intervalo de três meses entre elas, e tem o objetivo de reduzir hospitalizações e óbitos pela doença.

A vice-prefeita, Maria Regina de Souza Soar, comemora a vinda das doses para o município.

“É um marco importante para nossa comunidade e demonstra o reconhecimento das autoridades de saúde sobre a necessidade de proteger nossa população contra essa grave doença.

Estamos comprometidos em garantir acesso à vacinação e em continuar promovendo medidas de prevenção à dengue em nosso município.”

Para a secretária de Promoção da Saúde, Jaqueline Mocelin, iniciar a aplicação da vacina contra a dengue em Blumenau é um passo significativo na proteção da saúde pública do município.

“Além de trabalharmos na prevenção, agora podemos dar mais segurança aos blumenauenses em relação à propagação da doença. Pedimos que o público-alvo procure pelas unidades de saúde com sala de vacina ativa e busque pelo imunizante.”

Recomendações
Vacinas com vírus inativos, como o da gripe, podem ser administradas a partir de 24 horas após a vacinação contra a dengue;

Vacinas com vírus atenuados, como a tríplice viral e a febre amarela, podem ser administradas após 30 dias da vacinação contra a dengue;

Em casos de infecção pelo vírus da dengue é recomendado aguardar 6 meses para o início do esquema vacinal com a vacina dengue (atenuada).

Contraindicações
A vacina dengue não deve ser administrada nas seguintes situações:

Anafilaxia ou reação de hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer excipiente listado na seção “composição da vacina” ou à uma dose anterior dessa vacina;

Indivíduos com imunodeficiência congênita ou adquirida, incluindo aqueles recebendo terapias imunossupressoras, tais como quimioterapia ou altas doses de corticosteroides sistêmicos dentro de quatro semanas anteriores à vacinação, assim como ocorre com outras vacinas vivas atenuadas;

Indivíduos com infecção por HIV sintomática ou infecção por HIV assintomática, quando acompanhada por evidência de função imunológica comprometida.

Critério de escolha dos municípios

A escolha do município ocorreu baseada nos critérios informados pelo Ministério da Saúde (MS) no Informe Técnico Operacional da Estratégia de Vacinação contra a dengue em 2024. 

Foram selecionados para receber as doses da vacina, “os municípios de grande porte (população maior ou igual a 100 mil habitantes) com alta transmissão de dengue nos últimos 10 anos, incluindo os demais municípios das suas regiões de saúde de abrangência, independentemente do porte populacional, ordenados pela predominância do sorotipo DENV-2 (reemergência recente) e pelo maior número de casos no monitoramento 2023/2024 (SE-27/2023 à SE-02/2024).

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo