sábado,

13/07/2024

Joinville/SC

MP-SC denuncia mulher que jogou cão de ponte em Pirabeiraba

A 21ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joinville apresentou denúncia contra uma mulher por maus-tratos a animais e corrupção de menores, após ela empurrar um cachorro chamado Jorge de uma ponte no bairro Pirabeiraba, em março deste ano, na presença de seus filhos menores de idade.

Na ação penal pública movida pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), além da condenação pelos crimes, é solicitado um valor mínimo de R$ 5 mil como reparação pelos danos causados ao animal e aos menores, bem como pela repercussão social negativa resultante da ação cruel contra o animal e a corrupção das crianças.

A denúncia ainda aguarda análise judicial.

De acordo com a peça acusatória, no início da tarde do dia 7 de março de 2024, na ponte sobre o Rio Três Barras, na Rua Quinze de Outubro, a mulher praticou maus-tratos contra o cão Jorge na presença de seus filhos de seis e nove anos.

Ela empurrou o animal da ponte, resultando em graves ferimentos.

Além disso, a denunciada cometeu maus-tratos na companhia dos filhos, corrompendo-os ao expô-los a essa violência contra um animal indefeso.

Após o crime, Jorge foi resgatado e recebeu atendimento veterinário, estando disponível para adoção no Centro de Bem-estar Animal de Joinville (CBEA).

A Promotora de Justiça Simone Cristina Schultz, titular da 21ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joinville, destaca que os atos de crueldade contra os animais devem ser combatidos com rigor, especialmente durante o “Abril Laranja”, mês da prevenção contra a crueldade animal e conscientização contra os maus-tratos.

Ela ressalta que o crime de maus-tratos aos animais representa uma ameaça à coletividade e que indivíduos violentos com animais também representam ameaça para outros grupos vulneráveis.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo