sexta-feira,

19/07/2024

Joinville/SC

Mais de 50 pessoas são resgatadas por joinvilenses que atuam no Rio Grande do Sul

O coordenador da Defesa Civil de Joinville e dos Bombeiros Voluntários de Joinville, Jairo Machado, acompanhado dos bombeiros voluntários Leandro Dresch, Fernando Quadra e Aguinaldo Lima, que estão auxiliando as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul, resgataram mais de 50 pessoas desde que iniciaram os trabalhos, na tarde de terça-feira (7/5).

Ao chegar ao estado gaúcho, na manhã de terça, o grupo se apresentou ao comando da operação na capital e, de lá foram direcionados para atuar durante a tarde no município de Eldorado.

Neste local, eles auxiliaram na retirada de pessoas que estavam abrigadas em uma escola, após deixarem suas residências. Porém, o local ficou isolado depois que a água continuou subindo.

Segundo Jairo Machado, esse foi um trabalho complexo e que exigiu esforço da equipe, já que o nível da água estava muito alto.

Na quarta-feira, a operação de resgate se concentrou no bairro Menino Deus, em Porto Alegre.

Em um dos atendimentos, foram retiradas três pessoas que estavam no segundo andar de um prédio.

Como a água invadiu praticamente todo o térreo, as equipes precisaram arrombar a porta de acesso ao hall e entrar nadando dentro do prédio. Ao ter acesso a essas três pessoas, os resgatistas colocaram coletes salva-vidas nelas e a retirada de dentro do prédio foi feita conduzindo essas pessoas a nado, pelo hall, pois não era possível pisar no chão devido à profundidade.

Segundo Jairo, também foram feitos resgates de pessoas em cima de telhados.

“Nesta quarta, nossa equipe formada por bombeiros voluntários de Joinville, ficou em um dos lados do bairro Menino Deus onde o resgate exigia uma técnica mais avançada e a utilização de equipamentos específicos, que trouxemos de Joinville”, detalhou o coordenador da Defesa Civil.

O grupo joinvilense é especialista em resgate aquático e, por esse motivo, além do veículo de apoio, os Bombeiros Voluntários de Joinville disponibilizaram uma embarcação e equipamentos utilizados nesse trabalho.

As pessoas resgatadas são levadas para abrigos onde há segurança e também estrutura para manter as vítimas enquanto houver necessidade.

Você não pode copiar o conteúdo desta página
Pular para o conteúdo